Treinamento Funcional auxiliando o desempenho no futebol






Sabe-se que o corpo humano é preparado para funcionar como uma unidade com os músculos sendo ativados em sequências para produzir um movimento desejado. Em cada movimento, vários músculos estão envolvidos e todos eles realizam um desempenho diferente.
A partir desses princípios, o treinamento funcional foi criado nos Estados Unidos e vem sendo muito bem aceito no Brasil, ganhando cada vez mais praticantes. Tem como objetivo preparar o organismo de maneira íntegra, segura e eficiente através do centro corporal, chamado nesse método por “core”.

Cada vez mais, esportistas buscam no treinamento funcional auxílio para obterem melhor desempenho nas suas modalidades. Dos esportes coletivos, o futebol sempre foi o que mais teve barreiras para implantar técnicas novas de treinamento que visam não somente alto rendimento individual e coletivo, mas também geram uma adaptação ao organismo do atleta.
No futebol o treinamento funcional tem dois principais objetivos: melhorar o movimento específico do jogador, durante as fases mais intensas e decisivas da partida, e proporcionar mais equilíbrio muscular, diminuindo as chances de dores e lesões.
Para treinar o equilíbrio e aumentar seu desempenho, é necessário observar um conjunto de sistemas complexos motores e sensoriais. É importante enfatizar que antes do início deste treinamento, o atleta deve estar com força e flexibilidade bastante desenvolvidas. Desta maneira, as capacidades funcionais corporais podem ter muitos benefícios para um melhor desempenho atlético.
Portanto, ao treinar nosso corpo, devemos pensar que ele é um sistema interligado. Cada músculo tem receptores para avaliar as posições relativas ao espaço e a todo o equilíbrio corporal. Eles estarão em comunicação, interligando informações para tentar produzir um dado movimento. Isso acontece desde que todos os sistemas funcionem em harmonia para as exigências corporais desse esporte.
Fonte: institutoaica.com


Comente:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.